Publicado por: sosortomolecular | 23 de Junho de 2009

O Fator Cálcio

O FATOR CÁLCIO

 

 

 

  • Um dos mais importantes desdobramentos da pesquisa do Dr. Reich no tocante às deficiências a as doenças, foi o desenvolvimento de um simples, porém preciso teste clínico para detectar a deficiência de Cálcio.

 

 

Quando uma PESSOA GOZA DE PERFEITA SAÚDE

 

  • O pH do sangue é 7.4,
  • O pH do líquido espinhal é 7.4,
  • O pH da saliva é 7.4.

 

  • CONCLUSÃO: o pH da saliva é o mesmo do fluído extra celular.

 

  • Como visto e discutido em todas as pesquisas científicas, o cálcio (mono) ortofosfato, é o principal regulador químico dos fluídos corporais que tentam manter o pH em 7.4.

 

O pH é Crítico Para:

 

  • A síntese normal do DNA,
  • E para o funcionamento, crescimento e reparo celular.

 

  • Quando o nível deste regulador químico se reduz nos soros acima, do mesmo modo se reduz a capacidade de manutenção do pH em 7.4. Portanto, o nível do íon de Cálcio tem reflexo direto no pH.

 

  • Isto pode ser medido por um simples, rápido e barato teste de pH da saliva, que fornece indicação imediata do nível do íon cálcio, e indiretamente do estado de saúde do paciente.

 

  • Como já citado, o pH dos fluidos intracelulares se reduz do pH alcalino e negativo de 7.4, quando os canais celulares estão abertos, para um nível ácido e positivo de 6.6, após o fechamento dos canais, quando os nutrientes são alterados quimicamente e consumidos pela célula. Esta mudança no pH cria uma diferença de potencial (voltagem) entre os fluidos fora e dentro da célula, fazendo com que os canais voltem a se abrir. Este processo se repete indefinidamente, como um processo “respiratório” da célula.

 

  • Quando descarregado dentro da célula, este potencial elétrico, ativa todos os processos biológicos que são responsáveis pelo funcionamento celular e pelos estímulos nervosos.

 

 

  • Se o pH dos fluidos extra celulares cai para um nível inferior a 7.4, então os fluidos intracelulares tem que, por sua vez, cair para um nível mais baixo, para cerca de 6.3, de modo a produzir a mesma diferença de voltagem. Isto faz com que o nutriente glicose pare de produzir os radicais A, C, G e T, necessários para a síntese normal do DNA, e ao invés disto, passe a produzir ácido lático, o que faz com que o pH caia ainda mais. O resultado é o enfraquecimento celular.

 

  • Se o pH extra celular cai ainda mais, o pH intracelular cai proporcionalmente, o que pode resultar na produção de enzimas tóxicas, assim como falência celular.

 

  • A mãe, natureza tenta restabelecer o equilíbrio ativando um mecanismo de defesa adicional: uma mistura de fosfato de potássio di-hidrogenado e di-sódio que pode manter o pH do soro extracelular em 6.8. Infelizmente, neste caso, o íon de potássio, que é grande, tem extrema dificuldade para sair da célula, uma vez dentro, isto faz com que o pH volte a se elevar, gradualmente. Este mecanismo, como visto, é extremamente limitado.

 

  • O teste do pH da saliva é bastante preciso em detectar a síndrome da deficiência do íon cálcio.

 

  • Constatou-se que a acidez do pH está diretamente relacionada aos erros de estilo de vida que originam deficiência de cálcio, e também aos vários estágios desta deficiência, e as doenças.  Uma vez corrigidas estas deficiências por uma dieta saudável e por uma suplementação nutricional bem orientada, o pH se eleva e as doenças originárias de suas deficiências regridem.

 

  • Isto faz deste simples teste uma excelente ferramenta para o acompanhamento do processo revitalização do organismo. Ele também permitiu ao Dr. Reich avaliar a saúde de seus pacientes em segundos, e também suas tendências em desenvolver sintomas e doenças originárias de suas deficiências de cálcio.

 

  • O papel para medição do pH é fornecido em vários intervalos, e o mais recomendável é que esteja de 5.0 a 7.5.

 

  •  
    1. O intervalo para uma pessoa saudável e não deficiente de Cálcio seria de 7.5 (azul escuro) a 6.5 (azul).

 

  •  
    1. O intervalo de 6.0 (azul esverdeado), que é ligeiramente ácido, até 5.5 (amarelo vivo), altamente ácido, representam os estados de suave e altamente deficiente, respectivamente.

 

  •  
    1. A maioria das crianças saudáveis apresenta pH=7.5. Metade dos adultos apresenta pH=6.5 ou inferior, refletindo a deficiência de cálcio devido à idade ou, erros no estilo de vida. Os pacientes de câncer terminal, apresentam pH=4.5, mil vezes a acidez de um indivíduo normal pH=7.5, causando a auto destruição dos tecidos.

 

  • Também o pH ácido é encontrado em adultos depressivos e ansiosos, em crianças hiper ativas e também em adolescentes rebeldes e delinqüentes.

 

  • O teste, embora reflita o estado de saúde do paciente, pode não ser preciso em caso de:

 

  1. O paciente ter se alimentado recentemente,
  2. Ter havido uma ingestão excessiva de alimentos ricos em fosfato ou álcool.

 

Para se evitar distorções o teste deve ser aplicado após jejum de 08 horas, cuspindo a saliva da boca, renovando-a diversas vezes, e aí sim efetuar a medição.

 

 

 

TABELA DE PROGRAMA MÍNIMO DIÁRIO RECOMENDADO PARA SUPLEMENTAÇÃO

 

pH

Cálcio + Magnésio

Vitaminas:

    D                  A       (beta caroteno)

6.5 a 7.5

Intervalo saudável

1.200 mg       690 mg 2.400 UI       3.000 UI   120 mg    1.500 mg

5.0 a 6.0

Intervalo propício à doença

2.400 mg    1.380 mg 4.800 UI     60.000 UI   240 mg    3.000 mg

4.5 a 5.5

doença

3.600 mg   2. 070 mg 7.200 UI     90.000 UI   360 mg    4.500 mg

 

 

CÁLCIO: É um nutriente mineral que está sendo estudado essencialmente por ser um dos elementos que mais se correlaciona com doenças cardiovasculares. Níveis elevados de Cálcio no sangue foram relacionados a níveis baixos de Cálcio nas artérias e osteopenia. Níveis baixos no sangue mostram correlação com fator de risco de infarto do miocárdio, incluindo algumas doenças pulmonares. Osteoporose também está relacionada a níveis baixos de Cálcio, e sua suplementação se faz necessário associado às vitaminas D e Beta caroteno.

 

MAGNÉSIO: Existem vários estudos envolvendo este mineral. Um deles mostra que em idosos, níveis elevados estão relacionados à velocidade e distribuição do fluxo sanguíneo cerebral. Níveis baixos têm sido relacionados à hipoglicemia e, em algumas circunstâncias, esquizofrenia.

 

CROMO: A relação entre cromo e distúrbios bi-polar é um fato documentado em algumas literaturas. O cromo pode diminuir níveis de sódio, potássio, porém este efeito é diminuído por um grupo de drogas psicotrópicas, antidepressivos, anticoncepcionais, corticóides, antiinflamatórios, antibióticos.

Evidentemente, não é possível definir um protocolo terapêutico único já que isto vai depender do tipo de patologia, do biótipo, da biodisponibilidade do paciente e, principalmente, da relação entre as deficiências estabelecidas e o quadro clínico do paciente ou das correlações entre os resultados encontrados e as modificações que possam comprometer o estado de saúde do paciente, principalmente toxidade.

É importante ressaltar que as ponderações aqui estabelecidas não indicam, necessariamente, que este fenômeno vai acontecer sempre que o processo patológico estiver presente. Ele é meramente um indicativo de uma analise estatística de deficiência.

 

Prof. Paulo Edson Reis Jacob Neto

Fone: (55)(21) 2240-2246/9999-6510/9750-9101

e-mail: p.jacob@terra.com.br

 

Titular da cadeira de Ortomolecular do curso de

Pós Graduação emTerapias Naturais e Holísticas –UCB – RJ


Responses

  1. gostaria de saber como regura o nivel d PH no sangue

    • Boa noite Sebastião
      No blog voce acha esta informação, mas para te adiantar, por meio de uma fita de medir pH, voce faz com que a pessoa salive e cuspa umas três vezes, depois então colaca a fita em sua lingua por alguns segundos e vera a cor que ficará, esta cor é condizente ao pH, este pH é o mais próximo do sangue arterial que podemos obter. Qualquer dúvida mantenha contato.
      Prof. Paulo Edson

  2. Prof. Paulo,
    Parabéns pelo site. Sou dentista, e possuo pacientes com desgaste ácido acentuado do esmalte dentário sem causas aparentes, pesquisei dieta, encaminhei ao gastro e não foi constatado nada como refluxo gastro-esofágico, hérnia de hiato etc. Seria interessante uma consulta com médico ortomolecular, para análise de deficiência de minerais. O Sr. conhece alguém em Brasília ?

    • Boa noite Fábio
      Obrigado pela visita, temos muita informação a ser incluida ainda no site, infelizmente não coneço ninguém em Brasília que faça este tipo de trabalho, pois, não basta ser ortomolecular, é necessário ter uma visão holística do indivídua para se ter uma avaliação plena da disfunção que se manifesta. Tenho muitos odontólogos nos cursos aqui do Rio, que estão aplicando os ocnhecimentos ocm grande valia, quando puder fazer algo assim mantenha contato no meu e-mail p.jacob@terra.com.br. Um abraço
      Prof Paulo Edson

  3. Rather entertaining many thanks, I believe your visitors could possibly want significantly more posts similar to this carry on the superior operate.

  4. Have seen and heard about such an insect for the first time. I really like being aware of about different forms of insects and animals. The life cycle on the insect shared in here seems to become quite fascinating. Will appear forward to more such exciting posts.

  5. I like the valuable info you provide in your articles.
    I’ll bookmark your weblog and check again here frequently.
    I am quite certain I will learn plenty of new stuff right here!
    Best of luck for the next!

  6. 引っ越し会社は複数ありますが、全部の業者に見積もりをとるのは面倒ですよね。今はインターネットで間単に多くの業者に見積もりを取ることができるので助かりますね。


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: