Publicado por: sosortomolecular | 28 de Junho de 2009

Alimentação Desintoxicante

A cura verdadeira é uma experiência poderosa. Trata-se de um ato de generosidade, de atenção, de amor e também uma vivência espiritual. Quando curamos o corpo, estamos curando a psique e o espírito. Os três são inseparáveis.

Cada um de nós tem algum tipo de dor emocional, física ou espiritual. É por isso que todos necessitam da cura. Para a maioria de nós a dor é a manifestação real do emaranhado tóxico que nos separa do centro de nosso ser, e da origem de nossa energia e força. Esse é o motivo pelo qual nos sentimos como se não tivéssemos combustível ou “energia” suficiente para vivermos. Estamos esgotados, exaustos, suscetíveis, irritados e tristes. Estes sãos os sintomas tópicos de alguém intoxicado:

– Sensação de vazio. Atitude típica: buscar consolo com o tipo errado de comida que são os alimentos gordurosos, os doces e as massas industrializadas e conservadas quimicamente. Ou seja, nos auto-sabotamos e aumentamos a carga de intoxicação.

– Emocional desequilibrado com a sensação de estar fora de controle. Ansiedade, estresse e possibilidade de depressão. Muitos altos e baixos energéticos que não possibilitam “metabolizar” ou lidar positivamente com tantas emoções. Atitude típica: respirar muito mal, oxigenando de forma precária o cérebro, células, órgãos e sistemas. Devido à apatia geral que se instala, fobia por praticar atividade física e atividades de relaxamento corporal/mental.

– Espiritual abandonado, dificuldade de se concentrar e buscar comunicação com uma força superior. Atitude típica: maior exposição e atração (sintonia) pela negatividade do mundo externo, preguiça de ter fé em tudo, ninguém ou nós mesmos, ou seja, aumenta o ceticismo.

Neste contexto, seja pela ingestão, pelo emocional desequilibrado, pela baixa oxigenação e mobilização da energia física ou pela falta de fé, as cargas de intoxicação serão enormes e crescentes.

Aqui vem o raciocínio prático que pode nos ajudar. O que entra deve necessariamente sair, mas, como visto acima, nem sempre é tão simples. Muitas toxinas que entram no corpo, no espírito ou na mente não saem com facilidade. Talvez não as possamos ver, mas isso não significa que não estejam ali. Mesmo invisíveis, as sentimos todos os dias. Como fadiga, doença, raiva, depressão ou estresse. Como dor de cabeça, nas costas, erupções na pele e nervosismo. Elas nos impedem de dormir ou nos fazem dormir demais. Tiram-nos força, resistência e paixão de viver.

É hora de fazermos alguma coisa. É hora de recuperarmos e mantermos nossa energia, regenerarmos nosso corpo, curarmos nossa psique e de reacender o espírito.

Desintoxicar a vida significa ser capaz de encontrar o equilíbrio diariamente, recobrando o espírito e a sensação de frescor em todos os poros.

O segredo para a transformação pessoal começa no nível celular. Trata-se do rejuvenescimento de nossas células. Quando limpamos e reconstruímos nossas células, elas passam a nos transmitir novas mensagens. Novas células têm novos significados, novas estórias para contar. Não seguem a mesma velha programação.

Se você está pronta para mudar suas células velhas e cansadas e encontrar nova energia física, emocional, espiritual e mental, então está pronta para desintoxicar-se. 

Não importam quais sejam suas razões. A decisão de se desintoxicar é um ato de coragem. As recompensas são extraordinárias, mas os desafios também o são. O fato de compreender sua motivação desde o início a manterá focalizada, e esse foco lhe dará forças.


Responses

  1. Intoxicação é um termo genérico, vago, relativo, complexo, às vezes pode ser representado por um fenômeno endógeno ou bioquímico auto-allimentado, às vezes é restrito a um orgão ou sistema, e sempre é específico em seu conjunto, etiologia, fisiopatologia, natureza, duração, forma como se apresenta, [se de múltiplos elementos ou de um (raramente)], elemento intoxicante. Então como dizes? – …as cargas de intoxicação serão enormes e crescentes.

    *****

    Má oxingenação de células pode ser ótimo para o organismo humano.

    Seu texto traz elementares enganos científicos. – Durante a prática de exercício anaeróbico, e inúmeras outras situações saudáveis, há hipooxigenação altamente benéfica para o orfganismo humano.

    AÉCIOPERAZZO

    • Boa noite Aécio
      Sua colocação teria lógica se respirassemos mais Oxigênio, desde 1978 somente respiramos 18% deste ar e não mais 33% que faria o efeito de tamponagem natural disparar as defesas imunológicas naturais.
      Prof. Paulo Edson


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: