Publicado por: sosortomolecular | 6 de Julho de 2009

A “Eterna” Juventude

A prova da possibilidade dessa realidade nos foi transmitida pelo resultado da observação do fisiologista francês Dr. Alexis Carrel, que conseguiu manter com vida, por 28 anos (!), uma cultura de células cardíacas de um embrião de galinha.
E como? Conservando-as banhadas em um fluido ligeiramente alcalino.

Conclui-se, pois, que se a ‘eterna’ juventude celular depende basicamente da adequada alcalinização dos líquidos ao seu redor, qualquer atitude mental, alimento ou o que quer que seja que gere resíduos ácidos ou radicais livres tem que ser reconhecido e tratado como o verdadeiro vilão, que é, do envelhecimento.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: