Publicado por: sosortomolecular | 8 de Julho de 2009

Vacinas: Drenagens na homeopatia.

 Na Suiça, nos anos cinquenta, o Dr. Dominique Senn, homeopata, que chamava as medicinas da energia de “biológicas”, desenvolveu a teoria das “barragens”.

Quando um remédio homeopático, escolhido corretamente, não dá bons resultados, ele ensinava que um ou alguns acontecimentos tinham “cristalizado”, bloqueado o organismo, em reações inadequadas que criavam uma barragem à cura. Tais acontecimentos, na maioria dos casos, são incidentes imunológicos: doenças infecciosas ou vacinações.

Quando isto acontece, para fazer desaparecer a “barragem”, é suficiente ministrar ao paciente uma cultura do micro organismo, ou a vacina em questão, em doses homeopáticas muito diluídas (na Suíça, as diluições de Korsakoff, em 30, 200, M e XM, que podem ser substituídas por 5 CH, 9 CH, 15 CH e 30 CH, respectivamente). Isto se chama “drenagem” da barragem, da doença ou da vacina.

Os remédios homeopáticos derivados de produtos infecciosos são chamados de “nosódios”, de raiz grega que significa “doença”.

No caso das vacinas, este tratamento é também um excelente meio de verificar a frequência dos acidentes pós-vacinais.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: