Publicado por: sosortomolecular | 19 de Agosto de 2009

Conclusão.

A mecânica quântica, a peça central da física moderna, é mal-interpretada como implicando que a mente humana controla a realidade e que o universo é um todo conectado que não pode ser entendido pela redução usual às partes.

Entretanto, nenhum argumento ou indicio decisivo requer que a mecânica quântica tenha um papel central na consciência humana ou que forneça conexões holísticas instantâneas através do universo. A física moderna, incluindo a mecânica quântica, permanece completamente materialista e reducionista enquanto é consistente com todas as observações científicas.

O comportamento aparentemente holístico e não local dos fenômenos quânticos, como exemplificado por uma partícula parecendo estar em dois lugares ao mesmo tempo, pode ser entendido sem descartar a noção do senso comum das partículas seguindo caminhos definidos no espaço e no tempo ou exigindo que sinais viagem mais rápido que a luz.

Nenhum movimento ou sinalização superluminal foi alguma vez observado, em concordância com o limite definido pela teoria da relatividade. Alem do mais, as interpretações dos efeitos quânticos não precisam demolir a física clássica ou o senso comum para tornar se inoperante em todas as escalas – especialmente na escala macroscópica na quais os humanos funcionam. A física Newtoniana, que descreve com sucesso virtualmente todos os fenômenos macroscópicos, segue suavemente o limite de muitas partículas da mecânica quântica. E o senso comum continua a se aplicar na escala.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: