Publicado por: sosortomolecular | 19 de Agosto de 2009

VISÃO QUÂNTICA DA OLIGOTERAPIA

 Certas interpretações da mecânica quântica, a teoria revolucionária desenvolvida no inicio do século vinte para explicar o comportamento anômalo da luz e dos átomos, estão sendo deturpadas de forma a implicar que apenas os pensamentos são reais e que o universo físico é o produto de uma mente cósmica à qual a mente humana está ligada através do espaço e do tempo. Essa interpretação tem fornecido uma base aparentemente científica para várias alegações de mente sobre a matéria. O “misticismo quântico” forma também parte do sustentáculo intelectual da asserção pós-moderna de que a ciência não pode dizer nada sobre uma realidade objetiva.

A palavra “quantum” aparece freqüentemente na literatura da Nova Era e na mística moderna. Por exemplo, o físico Deepak Chopra (1989) tem promovido com sucesso a noção que ele chama de cura quântica, que sugere que nós podemos curar todos os nossos males pela aplicação de energia mental suficiente.

De acordo com Chopra, esta conclusão profunda que pode ser extraída da física quântica, que ele diz ter demonstrado que “o mundo físico, incluindo nossos corpos, é uma resposta ao observador. Nós criamos nossos corpos como nós criamos a experiência do nosso mundo”. Chopra também afirma que “crenças, pensamentos, e emoções criam as reações químicas que sustentam a vida em cada célula” e “o mundo em que você vive incluindo a experiência do seu corpo, é completamente ditado por como você aprendeu a percebê-lo”. Assim doença e envelhecimento é uma ilusão e nós podemos atingir o que Chopra chama de “corpo sem idade, mente sem tempo” pela livre força da consciência.

Amit Goswami, no Universo Auto Consciente: Como a Consciência Cria o Mundo Material, argumenta que a existência de fenômenos paranormais é apoiada pela mecânica quântica.

  Fenômenos físicos, tais como a clarividência e as experiências fora do corpo, são exemplos da operação não localizada da consciência… A mecânica quântica dá sustentáculo a tal teoria fornecendo um apoio crucial para o caso da não localidade da consciência.

Uma vez que nenhum indício convincente e reprodutível para os fenômenos paranormais foi descoberto, apesar de 150 anos de esforço, esta é de fato uma base tênue para a consciência quântica.

Embora seja dito que o misticismo existe nos escritos de muitos dos físicos proeminentes do principio do século 20 (Wilber 1984), á moda atual da física mística começa na verdade com a publicação, em 1975, do Tao da Física de Fritjof Capra (Capra 1975).  Capra afirma que a teoria quântica confirmou os ensinamentos tradicionais dos místicos orientais: de que a consciência humana e o universo formam um todo interconectado e irredutível. Um exemplo:

Para o homem esclarecido cuja consciência abarca o universo, para ele o universo se torna seu “corpo”, enquanto o corpo físico se torna uma manifestação da Mente Universal, sua visão interior uma expressão da realidade mais alta, e sua fala uma expressão da verdade eterna e do poder mântrico.

O livro de Capra foi uma inspiração para a Nova Era e “quantum” se tornou o jargão usado para embelezar a espiritualidade moderna pseudocientífica que caracteriza o movimento.


Responses

  1. Paulo, o blog está fantástico!
    Parabéns!

    Um grande abraço!

    • Obrigado pela visita, e, disponha para suas informações. amigos são para isso. Envie aos seus amigos. Um abraço
      Paulo Edson


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: