Publicado por: sosortomolecular | 1 de Setembro de 2009

Fontes de minerais

Potássio: é um mineral essencial em muitas funções do organismo. Participa da síntese da proteína. Sua carência pode comprometer a adequada condução dos impulsos nervosos, prejudicar a eficiência das contrações musculares, provocar arritmias cardíacas e a retenção de líquidos. O uso de diuréticos pode ocasionar perda de potássio. O potássio é um dos minerais mais facilmente encontrados nos alimentos.

Zinco: tem papel regulador na ação da insulina, evitando o acúmulo de gordura abdominal. Também ajuda a manter o equilíbrio na produção dos hormônios da tireóide e contribui para a digestão das gorduras. O zinco é ainda capaz de melhorar o paladar, reduzindo o consumo de alimentos muito doces ou salgados.

Vanádio: mineral que auxilia na digestão da gordura, na absorção do cálcio e no metabolismo da insulina. A carência causa um desequilíbrio nos níveis de açúcar no sangue, aumentando a produção de insulina e os estoques de gordura. Ansiedade e depressão tendem a diminuir a concentração de vanádio no organismo.

Selênio: este mineral é importante na ação da enzima conversora de T4 (tetraiodotironina) em T3 (triiodotironina), hormônios da tireóide onde o T3 é a forma mais ativa; e, que regulam o ganho e a perda de peso. Constitui-se no principal mineral com característica antioxidante, combatendo os processos de envelhecimento. O selênio ainda melhora o funcionamento das papilas gustativas, aguçando o paladar.

Magnésio: atua no metabolismo dos carboidratos, das proteínas e das gorduras, além de ser fundamental na conversão de um aminoácido, o triptofano, em serotonina, evitando ataques a beliscos. O consumo excessivo de açúcar branco tende a reduzir os níveis de magnésio no sangue.

Cromo: participa da molécula de GTF – fator de tolerância a glicose – fundamental para o bom funcionamento da insulina sendo, portanto, vital para a boa absorção da glicose pelas células. Importante para o metabolismo da gordura, evitando estoques na região do abdômen. Esse mineral estimula o organismo a produzir uma quantidade maior de serotonina. Gravidez, estresse e o consumo excessivo de açúcar refinado diminuem os níveis desse mineral no organismo.

 VITALIDADE + 50 = produto composto com mais de 90 minerais orgânicos, que geram biodisponibilidade no organismo, gerando o equilíbrio ácido/alcalino entre os diversos sistemas do organismo, por se tratar de Cálcio orgânico, não gera bolsas de cálcio não absorvidos pelo organismo (bursite, osteofitos, etc.). Eles equilibram o metabolismo e evitam o acúmulo de gordura no organismo.

BIOTECH – Distribuidor RIO de Janeiro (21) 2532-0347.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: