Publicado por: sosortomolecular | 3 de Janeiro de 2010

O GERME DE TRIGO E O TRIGO GERMINADO

É principalmente no germe que se encontram acumuladas as substâncias mais preciosas e mais vitalizantes do grão de trigo. Aí se encontram: produtos fosfatados particularmente assimiláveis; sais minerais em abundância, tais como o ferro e o magnésio. Este último metal está presente na dose muito elevada de 400 mg por 100 g de germes; proteínas completas que contêm, em justas proporções, todos os aminoácidos indispensáveis à vida; oligoelementos como o cobre, o zinco, o magnésio K; numerosas vitaminas e, em particular, as vitaminas A, B1, B2, E e PP.

Dada a sua composição, o germe de trigo constitui, de fato, uma das melhores fontes naturais de ferro, de magnésio, de proteínas raras e de vitaminas B e E. Entre as vitaminas que encerra, apenas a vitamina C existe em fraca proporção. É um alimento equilibrante em estados depressivos, em esgotamentos de todos os gêneros, em convalescenças, em anemias, na gravidez e no aleitamento. Ele favorece a digestão, regulariza as funções intestinais, age como tônico do sistema nervoso e da nutrição. O seu único inconveniente é o fato de não ser suficientemente rico em cálcio relativamente ao seu elevado teor em fósforo, e a sua única contra-indicação é a hipertensão arterial, pois é ligeiramente hipertensor.

Como utilizá-lo:

– Os adultos devem tomar 2 ou 3 colheres de sobremesa por dia, 1 a cada refeição.

– As crianças deverão consumir de 1 a 4 colheres de café, consoante a idade (cerca de

(1 colher por cada 3 anos de idade).

– Para os bebes de 6 meses a 1 ano, 2 colheres pequenas de café, em 2 ou 3 vezes,

são suficientes.

Segundo o estado fisiológico da pessoa em questão, é possível aumentar estas doses.

As propriedades tônicas e vitalizantes do germe de trigo são acrescidas com o trigo

germinado. A germinação exalta com efeito, os poderes vitamínicos e diastásicos do

germe. Os reumáticos, os gotosos, os artríticos gravemente atacados, que não toleram

o pão completo, não sentem qualquer inconveniente em consumir o trigo germinado.

Para prepará-lo, disponha os grãos de trigo num pano e cubra-os de água, para assegurar que incham. Desde que se obtenha este resultado – o que tem lugar ao fim de 24 horas no Verão e de 36 horas no Inverno –, lave os grãos de trigo em várias águas. Nos dias seguintes, limite-se a umedecer ligeiramente todos os grãos, sem formar uma camada líquida superficial. Evitará assim um princípio de putrefação, o que acontece quando o trigo é molhado num excesso de água.

Consuma o trigo germinado no princípio da refeição, da seguinte maneira:

– 1 colher de sopa para os adultos;

– 1 colher de sobremesa para os adolescentes;

– 1 colher de café para as crianças e para as pessoas idosas.

Antes de engoli-los, mastigue os grãos durante o maior tempo possível, até que eles adquiram na boca um gosto açucarado. Este sabor – um pouco inesperado neste caso – corresponde ao fato de o amido se transformar parcialmente em sacarose. Para as pessoas cujos dentes estão muito danificados, é conveniente moer o trigo germinado numa tigela e em seguida deglutir o produto moído, depois de longamente mastigado. Para os doentes, as crianças pequenas e os bebes, reduza-o a purê muito fino e misture-o com mel.

É prudente, antes de fazê-lo germinar, de lavar abundantemente o trigo comprado no comércio. Com efeito, ele é frequentemente tratado com anti-sépticos e inseticidas.

Em caso de necessidade, dirija-se diretamente a um agricultor.


Responses

  1. I drop a comment each time I like a report on a web site or if I have something to valuable to contribute towards the conversation. It’s a result of your fire communicated in the put up I browsed. And after reading this article I was essentially moved enough to drop a comment here

  2. Just wondering, before I consider subscribing… is that this an actual, individually composed letter to each and every subscriber, or does each individual writer compose a single letter just about every week and send the same composition to all of the subscribers they’re assigned to write to?


Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Categorias

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 166 outros seguidores

%d bloggers like this: