Publicado por: sosortomolecular | 12 de Agosto de 2010

A Patologia no ponto de vista astrológico

No decorrer de nossa história o homem utilizou a natureza como forma de criação da vida e a partir dela pode se desenvolver e aprimorar tanto cultural quanto materialmente. A conseqüência de tantas mudanças sociais e tecnológicas fez com que o homem, por incrível que pareça, permanecesse o mesmo, sempre com seus conflitos físicos e psicológicos, carregando inconscientemente a herança de seus antepassados primitivos. Tanta evolução resultou na separação do homem moderno do mundo natural ocasionando o “esquecimento” da eficácia dos conhecimentos milenares, tão válidos para a compreensão do universo, ou seja, a compreensão de si mesmo, pois como diz o axioma hermético: “O que está acima é como o que está abaixo”.

A linguagem astrológica possui um caráter simbólico onde podemos buscar na Mitologia, na Filosofia e em vários conhecimentos milenares, a compreensão teórica de suas afirmações. Através de uma visão mais ampla sabemos que tudo segue um curso evolutivo e que o desenvolvimento do indivíduo e da humanidade está ligado às hierarquias divinas que governam os planetas e os signos do Zodíaco. Assim o Zodíaco é uma forma concreta de representação das energias planetárias que nos regem.

Nossa saúde tanto física como mental está associada às influências planetárias, assim sendo, o ser humano ou qualquer ser vivo ao nascer em uma determinada data ou local terá como “registro de identificação” o seu mapa astral, que é o retrato do céu no momento de seu nascimento. Os padrões de comportamento podem ser identificados pelas características dos signos, suas quadruplicidades, planetas, aspectos que fazem entre si e a predominância dos elementos. Os planetas representam a influência do macrocosmo – o universo – e o microcosmo – o homem. A partir daí podemos observar que as diversas partes do corpo humano correlacionam-se com as diferentes divisões da abóbada celeste e com todos os seres vivos que se movem por ela.

Dependendo dos aspectos planetários em seu mapa astral, o ser humano tem predisposição a certos problemas de saúde, pois cada planeta rege uma parte de seu corpo. Se os planetas ou a casa astrológica correspondentes à saúde receber aspectos tensos de energia, o ser humano poderá sofrer sua influência tanto física como mentalmente, pois é também através do uso inadequado das energias planetárias, que o indivíduo converte, mesmo que inconscientemente suas virtudes em defeitos, ocasionando assim, a doença.

Se a doença significa perda relativa da harmonia e acreditamos que a perturbação da mesma acontece nos aspectos mais sutis e se mostra conseqüentemente no corpo.

Como descreveu Max Heindel e Augusta Foss Heindel no livro “A Mensagem das Estrelas” – ed. Pensamento, de acordo com a Astrologia podemos citar as correspondências entre os signos e os planetas e as diferentes divisões do corpo humano da seguinte maneira:

Áries rege a cabeça, os hemisférios cerebrais, os vários órgãos no interior da cabeça e os olhos, mas o nariz está sob a regência de Escorpião. Assim, qualquer aflição em Áries se refletirá na cabeça, produzindo dores de cabeça, nevralgias, estados de coma, enfermidades do cérebro e hemorragias cerebrais.

Touro rege o pescoço, a garganta, o palato, a laringe e as amígdalas; a mandíbula inferior e os ouvidos. O cerebelo está também sob a regência de Touro, assim como as vértebras altas e cervical, as artérias carótidas e certos vasos sanguíneos menores. As enfermidades às quais estas partes estão sujeitas são: bócio, difteria, crupe e apoplexia. Como cada signo sempre se reflete no oposto, aflições em Touro podem produzir ainda doenças venéreas, prisão de ventre e menstruação irregular.

Gêmeos rege os braços e as mãos, os ombros, os pulmões e a glândula timo, assim as costelas superiores. Planetas aflitos no signo de Gêmeos causam doenças pulmonares, pneumonia, pleurisia, bronquite, asma e inflamação do pericárdio.

Câncer rege o esôfago, estômago, o diafragma, o pâncreas, as mamas, os vasos lácteos, os lóbulos superiores do fígado e o conduto torácico. Aflições em Câncer produzem indigestões, gases no estômago, tosse, soluço, hidropisia, melancolia, hipocondria, histeria, pedra na vesícula e icterícia.

Leão rege o coração, a região dorsal da espinha, medula espinhal e aorta. Aflições em Leão causam palpitações, desmaios, aneurismas, meningite espinhal e deformidade da coluna, assim como arteriosclerose, angina no peito, hiperemia, anemia e hidremia.

Virgem rege a região abdominal, o intestino delgado e grosso, os lóbulos inferiores do fígado, e o baço. Portanto, as aflições em Virgem produzem peritonites, tênia, subnutrição, interferência na absorção do quilo, febre tifóide, cólera e apendicite.

Libra rege os rins, as supra-renais, a região lombar da espinha, o sistema vasomotor e a pele; daí as aflições em Libra produzirem poliúria, ou retenção da urina; inflamação dos ureteres, que ligam os rins à bexiga, doença de Bright (degeneração granular do rim), lumbago, eczema e outras doenças de pele.

Escorpião rege a bexiga, a uretra e os órgãos genitais em geral, assim como o reto e o cólon descendente, a curvatura sigmóide, a próstata e os ossos nasais. Aflições em Escorpião produzem catarro nasal, adenóides e pólipos, doenças do útero e dos ovários, diversas doenças venéreas, constrição e dilatação da próstata, menstruação irregular, leucorréia, hérnia, cálculos renais e areia na bexiga.

Sagitário rege os quadris e as coxas, o fêmur, o fleo, as regiões do cóccix e do sacro da espinha dorsal, as artérias e veias ilíacas, os nervos ciáticos. Por conseguinte, aflições em Sagitário produzem ataxia locomotora, ciática, reumatismo e problemas nos quadris. Além do mais, como cada signo exerce influência sobre seu oposto, aflições em Sagitário podem causar problemas pulmonares.

Capricórnio governa a pele e os joelhos, mas tem ação reflexa sobre o estômago, governado pelo signo oposto, Câncer. Portanto, aflições em Capricórnio produzem eczema e outras doenças da pele, erisipela, lepra e distúrbios digestivos.

Aquário rege os tornozelos, as pernas desde os joelhos aos tornozelos, e também ação reflexa no signo oposto, Leão. Por isso, aflições em Aquário produzem veias varicosas, irregularidades na atividade do coração e hidropisia.

Peixes rege os pés e os dedos dos pés. Tem também efeito reflexo na região abdominal, governada pelo signo oposto, Virgem. Por conseguinte, aflições neste signo indicam problemas e deformações nos pés, doenças nos intestinos e hidropisia. Produz também desejo por bebidas e drogas, que pode causar delirium tremens. A tuberculose pulmonar acontece às vezes, sendo considerada resultado secundário de resfriamento dos pés, contraído por um Peixes afligido.”

A Astrologia Médica segue os mesmos passos e a mesma simplicidade de cura que a Homeopatia e a Terapia Floral adotaram como sistema terapêutico – “o semelhante cura o semelhante”. O que o conhecedor deste estudo profundo chamado de Astrologia, o terapeuta e todos aqueles que se dedicam à área da saúde precisam saber é definir qual arquétipo comum, que se apresenta como pano de fundo por trás de cada queixa de seu paciente.

Se observarmos atentamente a linguagem de um determinado sintoma, podemos descobrir que a “doença”, nada mais é do que um sinal que o corpo físico emite dizendo que alguma característica precisa ser avaliada em nosso comportamento, que ainda não estamos “inteiros”, falta algo em nosso caminho rumo à totalidade.

A Astrologia, traduzindo os arquétipos que correspondem à personalidade, é um veículo de investigação e estudo que o ser humano pode utilizar como forma de conhecer profundamente a si mesmo, encontrando de onde vem a causa de seus males. Para cada característica psicológica existe um ou vários florais, que representam a mesma “leitura” expressa pela personalidade. Através do uso das essências florais, o ser humano consegue se equilibrar, à medida que vai tomando mais consciência de si, reconhecendo internamente que tipo de conduta pode estar sendo mal utilizada e que está causando o desconforto emocional ou mesmo a doença física.

Sendo humilde ao compreender seus conflitos internos, terá mais capacidade de trabalhar suas potencialidades. Ao invés de lutar contra a doença, poderá sim “transmutar a doença”. Compreendendo que a cura pressupõe a compreensão de que o ser humano se tornou mais sadio, ou seja, está conseguindo se lapidar em busca da perfeição.


Responses

  1. Claritatea, trezirea si luciditatea mentala, care se obtin cu ajutorul unei cafele, al unui ceai sau cu ajutorul altor stimulente (cofeina), pot fi realizate cu ajutorul apei care este imprintata cu ritmul alpha, disponibil pe http://AQUAlibrum.org, timp de 15 minute. Oferta promotionala in Romania: 50% reducere

  2. Puteti slabi fara eforturi si diete complicate, consumand apa imprintata cu ritmuri theta. Achizionati acum, de pe http://AQUAlibrum.org si beneficiati de 50% reducere.

  3. My dream retirement would be no bills, no worries and terrific health.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: